Opções ao fiador: seguro fiança e caução


Na hora em que você for alugar um imóvel, a primeira opção oferecida pelas imobiliárias é a nomeação de fiador. O procedimento mais comum envolve a indicação de dois deles, sendo que um precisa ter renda correspondente ao dobro do valor do aluguel que você pagará e o outro deve possuir um imóvel quitado, sem dívidas, que será oferecido como garantia de contrato.

No atual cenário econômico em que nos encontramos, está cada vez mais difícil conseguir pessoas que se encaixem nesse perfil de fiador e ainda estejam dispostos a assumir uma dívida, no caso da impossibilidade do pagamento dos valores locatícios.

Pense bem, você tem alguém com esse perfil para te ajudar nesse momento? Provavelmente não. Mas não se preocupe! A maioria das pessoas também não tem e encontram solução em duas outras modalidades de garantia do contrato de aluguel: o seguro fiança e a caução.

Seguro fiança

O seguro fiança é uma modalidade de garantia oferecida por empresas de seguro. Consiste em um pagamento mensal de determinado valor, aferido com base no aluguel.

Funciona da seguinte maneira: se por determinado período você não conseguir pagar o aluguel, o locador do imóvel recebe os valores correspondentes diretamente da seguradora. Basta uma simples comunicação de inadimplência.

Essa modalidade tem que ser analisada atentamente, pois o que se paga para ter essa segurança, não se recebe de volta. E cada empresa de seguro pratica um valor, com condições variadas.

Então, se optar por essa modalidade, analise todas as cláusulas do contrato, suas hipóteses de cobertura e valores correspondentes.

Caução

Essa modalidade de garantia nem sempre é aceita pelas imobiliárias, mas na falta de fiadores, é a que sairá mais em conta para você, como locatário.

O que ocorre? A lei determina que o locador deposite o valor correspondente a até três meses de aluguel, condomínio e IPTU, em uma conta poupança. Esse dinheiro ficará rendendo mensalmente.

No caso de inadimplemento, esse valor depositado será utilizado para cobrir as despesas relativas ao aluguel. Porém, o locador só terá acesso ao dinheiro por meio de ação judicial, o que pode demorar um pouco. E se os valores devidos ultrapassarem a caução, apenas por meio de uma ação indenizatória é que se resgata o restante.

Assim, essa modalidade não é interessante para as imobiliárias e por isso nem sempre oferecida. Porém, nada impede que você pergunte e negocie com o locador.

Agora que você conhece todas as modalidades, tudo ficou mais simples, não? Avalie suas condições financeiras, os valores envolvidos e feche seu contrato de locação com muito mais segurança!

Fale Conosco

Entre em contato com a FacilityImob para anunciar seu imóvel.

A FacilityImob tem o que você precisa!

Para você que tem casa para alugar, apartamento para alugar, kitnet para alugar, sobrados para alugar ou salas comerciais para alugar. ANUNCIE conosco e alcance mais clientes.

Ou para você que quer uma casa para comprar, um apartamento para comprar, um sobrado para comprar, um terreno para comprar, ou seja, quer comprar um imóvel.

Faça uma PESQUISA na FacilityImob e encontre o que você procura.